Pokemon Go denunciado como “Maçônico” na Arábia Saudita

123

Às vésperas do lançamento do aplicativo de celular “Pokemon Go” no Brasil vai a notícia: Clérigos muçulmanos da Arábia Saudita renovaram uma fatwa de 2001 que proíbe os muçulmanos de correrem atrás de Pikachu, Charmander ou Charizard.

Diz a Fox News:

Notícias vindas da imprensa árabe dão conta de que na quarta feira o Sheikh Saleh Al-Fozan, membro do ultraconservador conselho de clérigos do Reino saudita, afirmou que a nova versão do jogo é a mesma coisa que anterior.

O edito afirma que a estrela de seis pontas no jogo, por exemplo, é associada ao estado de Israel e que certos símbolos triangulares têm sifgnificação maçônica. Cruzes no jogo são símbolos do Cristianismo, enquanto outros símbolos são associados ao politeísmo.

ENQUANTO ISSO, nos Estados Unidos, algumas Grandes Lojas e Lojas entraram no jogo.

APokemonMasonic

Um comentário em “Pokemon Go denunciado como “Maçônico” na Arábia Saudita

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: